Visão Missão & Valores

VISÃO

Nossa visão não é levantar a bandeira de uma denominação enchendo uma igreja, mas transformar uma geração; conhecemos nossas limitações no atual contexto da igreja e entendemos as dificuldades, mas estamos falando do início de uma obra, e importante é a continuidade do cumprimento da visão; sabemos que Abraão recebeu a unção de pai de multidão e obteve o seu primeiro filho já centenário e esperou pacientemente o filho casar-se, e com 40 anos e ainda solteiro (Gn 24). Abraão precisou agir dar passos para que a visão fosse estabelecida e buscou por uma esposa para Isaque. Depois de encontrada Rebeca, ouve mais uma etapa para o cumprimento da promessa, após diversas tentativas foi diagnosticada que ela era estéril, mas ele tinha recebido a visão, a benção de pai de multidão, portanto desejava ver isto cumprido e esperava ver o neto, afinal, seria a continuidade da promessa sendo cumprida, pois bem após 25 anos Rebeca, é abençoada por Deus e ficou gravida, e após aproximadamente 65 anos Abraão viu seu primeiro neto, hoje ele é o pai da fé de todos aqueles que foram nascidos de novo em Cristo, Jesus e foram enxertados na fé cristã judaica, e por isso é o pai de multidão.

 

O que Deus começou com minha família, eu sei, que não é algo com destino a ela e sim à eternidade, e o que recebemos é demais importante, e necessitamos de pessoas separadas por Deus para dar continuidade ao processo e as etapas que virão para que a visão seja alcançada. Nosso Deus é um Deus geracional, o Deus de Abraão, Deus de Isaque, Deus de Jacó... Isto aponta para um processo de continuidade, não de coisas novas, e sim de continuidade daquilo que foi gerado por Deus, não importa o tempo, mas sim a execução da mesma.

 

A Igreja Evangélica Ser Afim de Deus é diferente não porque somos melhores ou piores, mas por conhecermos nossa identidade. Sabe tenho um filho que como eu é homem, mas somos diferentes nem melhor ou pior, mas diferentes; desta forma somos diferentes; a identidade é definida pelo conhecimento de sua origem e definição do seu destino, quando estabelecida está concluída, não é uma questão de inflexibilidade é uma questão de saber sua identidade e assim saber para onde queremos chegar.

Este chamado de Deus é para um alinhamento, não de uma denominação, e sim da igreja do nosso século no Brasil e no mundo,  para isto precisamos de filhos geracionais, aqueles que darão sequência ao estabelecido por Deus, sei que tratamos com três tipos de pessoas na igreja: as ovelhas que não se importam, os discípulos que informam, e os filhos espirituais que consultam: entendam as ovelhas realmente não se importam, não querem compromisso ou alianças, não sabem de onde vem o alimento e nem se é adequado, querem apenas comer e depois voltar as suas vidas temporais; os discípulos são aqueles que estão comprometidos com a organização da igreja, e dirigem suas ações em benefício de resultados e não entendem direito os propósitos; os filhos geracionais não ignoram e não informam, são aqueles que consultam se estão caminhando ao encontro dos propósitos, estão prontos para serem corrigidos, honrando o profeta que os alistou compreendendo o propósito.

 

Vemos fatos bíblicos que demonstram como é essencial os filhos continuarem nos propósitos que os pais receberam de Deus; um exemplo clássico é o Rei Ezequias, do hebraico חִזְקִיָּהוּ, significa em português "Jeová Fortalece". O rei Ezequias foi o 13º Rei de Judá.

 

É considerado um dos maiores reis de Judá por causa da sua confiança em Deus e sua dependência d'Ele. Ezequias que seguiu o exemplo do seu brilhante antepassado, o Rei Davi, teria começado a reinar com 25 anos de idade e governou por 29 anos, a partir de 715 a.C.; Sua mãe chamava-se Abi, filha de Zacarias; Ezequias era um homem de muita fé. Guardava os mandamentos da lei mosaica e exortava o povo a desviar-se do pecado e se aproximar de Deus. No início do seu reinado Ezequias reparou e purificou o templo. Reintegrou os sacerdotes e  levitas  ao seu ministério, e restaurou a celebração da Páscoa (II Crônicas 29:3 e 30:5). Além disso, combateu a idolatria em Judá proibindo o culto aos deuses pagãos, determinando também que fosse destruída a serpente de bronze construída na época de Moisés, pois o povo estava adorando-a. E, devido à sua obediência a Bíblia relata que Deus trouxe paz ao seu reino enquanto cuidou do templo providenciou a adoração adequada.

 

De acordo com a Bíblia, Ezequias ao ser confrontado pelo rei da AssíriaSenaqueribe, orou a Deus e foi salvo do cerco de Jerusalém (por volta do ano 701 a.C.), em que um anjo teria exterminado cento e oitenta e cinco mil soldados assírios durante a noite. Após a expulsão dos assírios, Ezequias experimenta um novo milagre também relatado na Bíblia. Tendo adoecido gravemente, o profeta Isaías veio lhe dizer que iria morrer. Não se conformando, Ezequias pôs-se a orar recordando Deus da sua postura e conduta fiel, a qual Deus aprovou ordenando a Isaías retorna com outra mensagem informando um acréscimo de mais 15 anos à vida do rei; com uma ressalva que colocasse sua casa em ordem (II Reis 20:6).  E, como prova do cumprimento dessa palavra, Deus deu um sinal a Ezequias, fazendo atrasar dez graus a sombra do relógio solar construído por Acaz.

 

Quando Deus ordenou que colocasse sua casa em ordem não falava da arrumação do sofá ou limpeza do quartinho de dispensa; Ele falava da harmonia e influência paternal, o qual é gerador de propósitos e destino e infelizmente Ezequias não deu ouvidos e tudo que ele fez para Deus na sua vida inteira foi destruído pelo seu filho.

Segundo a Bíblia, Manassés iniciou seu reinado aos 12 anos e, por 55 anos, governou em Jerusalém. Os textos bíblicos informam que Manassés não exerceu os devidos princípios religiosos que desempenhou seu pai. Promoveu a idolatria à Baal, reconstruindo os altares destruídos por seu pai. Promoveu práticas de magia e adivinhação e introduziu até mesmo nos pátios do templo ritos e altares indevidos. Um dos extremos dessa chamada idolatria foi o sacrifício humano, tendo incluído os seus próprios filhos.

II Crônicas 33:6 - Fez ele também passar os seus filhos pelo fogo no vale do Filho de Hinom, e usou de adivinhações, e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira. 

 

A Bíblia diz também que Manassés não ouviu os profetas, e a tradição judaica menciona que ordenou a morte de Isaías, serrando-o em pedaços.

Creio que na mesma dimensão da importância do que Deus nos deu a respeito do alinhamento da igreja, são aqueles que serão constituídos como despenseiros da continuidade daquilo que Deus nos entregou, Ezequias fez um bom trabalho, mas fracassou no quesito de deixar um bom legado, e minha equipe de governo é o meu legado para com Deus; há uma necessidade de transferir este DNA, formatar esta identidade, não é uma questão de copiar e sim de dar continuidade geracional, na forma de ministrar o culto, no reger os S.E.R.- Sacerdotes Edificando o Reino, no alinhamento profético; entender para onde Deus nos direcionou a levar a igreja ao noivo gerando sacerdotes, e tudo isto precisa ser observado, estudado e praticado na ordem profética que foi nosso comissionamento.

 

Para isto deve haver o discipulado pessoal e em grupo para transferência de valores e objetivos celestiais; estes devem estar discipulando uma pessoa para dar continuidade ao processo; filhos necessitam de modelo, isto é, de grande responsabilidade e honra da parte de Deus; nossas reuniões têm como objetivo a transferência do caráter cristão no pastoreio das vidas, crendo que ovelhas sadias multiplicam.

 

Esta introdução para a visão já é algo que testifica a importância de dar continuidade, quero começar a partilhar a nossa visão e missão.

 

Habacuque 2:1-3 - Sobre a minha guarda estarei, e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que falará a mim, e o que eu responderei quando eu for arguido. Então o Senhor me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo.Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará.

A guarda citada aqui tem dois simbolismos: a guarda de proteger sua santidade e tudo aquilo que Deus o confiar, e guardar na questão de não perdê-la, vigiando, atento em oração para não perder aquilo que Deus falar; porque a igreja foi constituída para os pecadores, mas deve ser dirigida pelos santos, Deus mede a igreja não pelos pecadores e sim pelos santos; você é privilegiado em poder dar continuidade nesta preciosidade que Deus nos entregou, valorize isto, um dia poderei não estar mais com vocês, mas vocês estarão capacitados para continuar o propósito.

 

Sabe, quando dizem para escrever a visão e torná-la visível até para quem passar correndo, se referem a esta nossa vida agitada, do dia a dia, de trabalho, estudo, relacionamentos e dizemos que o tempo é pouco para tantas coisas, a visão deve ser escrita de uma forma que mesmo na correria do dia a dia ela estará saltando aos nossos olhos, e deve ser escrita nas tábuas do nosso coração, só se faz isto amando a visão, a paixão saltita e expõe a visão o tempo todo; observe que só escreve a visão quem a conhece.

 

Quando a referência é o tempo, a palavra diz que é para este tempo, e se apressa para o fim, mas se tardar espere uma das qualidades daquele que crê é a paciência de aguardar, isto não quer dizer ficar parado, mas sim continuar o processo crendo que já foi estabelecido o sucesso e no tempo certo isto será trago à luz ou materializado.

 

Qual é a visão da Igreja Evangélica Ser Afim de Deus, qual é a nossa visão; precisamos conhecê-la décor, deve estar na ponta da língua; a visão é:

  • Levantarmos Nações Sacerdotais

  • Constituirmos Famílias Sacerdotais

  • Estabelecermos Eu Sacerdote

Apocalipse 5:10 - E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra.

Um Reino Sacerdotal que reinará na terra, pois os céus já tem Rei, portanto para governar a terra com uma influência celestial é necessário ser sacerdote, a implantação do reino não é uma ação exterior tomando posse de territórios naturais a implantação do reino se refere ao governo de Deus nos territórios do coração do homem:

 

Lucas 17:20-21 - Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior;
nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós.

A implantação do Evangelho é a influência através da demonstração de uma vida prática transformada pelo Espirito Santo, isto não se ensina se vive:

1 Coríntios 11:1 - Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.

O Reino de Deus não é para ser implantado no mundo, pois a bíblia diz que o mundo jaz no maligno; o reino de Deus veio para ser semeado no homem; plantar nas pessoas e com isso terão uma pratica de vida diferente e assim vão manifestar o reino como em romanos solicita:

 

Romanos 8:19 - Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus. 

A criação não espera Deus e sim a manifestação dos filhos de Deus e para isto é necessário que os filhos tenham as mesmas características do Pai, desta forma o mundo pode ser influenciado e até governado por influência da divindade morada nos corações dos sacerdotes eternizados por Deus. Você nunca manifesta algo fora se não for manifesto dentro, é uma questão de encher-se tanto de Deus que no transbordar atinge outros. Portanto o reino precisa se manifestar dentro para ser revelado fora.

 

Aquele que revela o reino de Deus é um Sacerdote, ele é representante de Deus e do seu reino, ele é deus na horizontal, ele é o que leva as petições a Deus, ele é o que trás a direção de Deus; também é aquele que está estragado para as coisas do mundo e o mundo está estragado para o seus olhos e vida; porque o mundo não se agrada de Deus e Deus não se agrada do mundo; e sua paixão é refletir Deus efetuando sua obra.

O Sacerdote é a maior posição na terra, os reis são coroados por sacerdotes são eles que estipulam reis, os governantes do mundo reverenciam os sacerdotes em um reconhecimento da autoridade divinamente instituída sobre eles; não é por menos Jesus chamou os discípulos para pescar homens e eles imediatamente deixaram tudo e o seguiram, a proposta era: vocês querem ser Sacerdotes?

 

Marcos 1:17-18 - Disse-lhes Jesus: Vinde após mim, e eu farei que vos torneis pescadores de homens. 18- Então eles, deixando imediatamente as suas redes, o seguiram.

Jesus chamou os discípulos com a intensão de os transformarem em sacerdotes, a origem da palavra discípulo já denuncia o propósito, o qual é aluno; e o aluno é aprendiz de algo para algo, portanto as igrejas estão formando alunos o tempo todo, mas a essência é o aluno formar-se em um Sacerdote. Deus nunca quis um a frente dos outros para revelá-lo e sim que todos pudessem receber a sua revelação, por isso todos deveriam ser sacerdotes, em suas casas, no trabalho, na escola. Ser sacerdote não é um ritual e sim um estilo de vida celestial.

 

Visão é uma fração do que Deus mostrou para nós ao que se refere ao nosso destino ou para onde devemos ir; visão se vê. Agora para efetuá-la é necessário entrarmos no segundo estágio que é a missão, visão vê e missão faz; missão é o que eu faço para estabelecer a visão.

Para que a visão se realize precisamos completar nossa Missão:

MISSÃO

Sei, que Deus colocará pessoas com a mesma missão, juntamente para conosco cumprir a visão, sendo que o propósito é maior do que nossas vidas, vemos Jesus, a vida de maior valor na terra morrendo por um propósito; e Deus nos comissionou a levar a igreja a retomar o evangelho original, não é a questão de pregar as doutrinas humanas do passado, e sim o evangelho original descontaminado das nossas religiosidades e crendices acrescentadas com o tempo por homens que no afã de encherem as igrejas em beneficio próprio prostituíram-na; creio na prosperidade vinda de Deus como recompensa, e não por terminar uma campanha ou pagar um apelo de entrega financeira, mas na recompensa de viver uma vida transformada pelo Espírito Santo e andar em um padrão elevado de santidade, e compromisso com sua obra, isto fere o evangelho da prosperidade, o evangelho do descarrego, o evangelho das campanhas, o evangelho da água, óleo, fogueira, sal, rosas, toalhas e os etcs., bentos ou ungidos; e na verdade os ungidos e bentos (abençoadores) deveriam ser as pessoas; este é o evangelho do homem para o homem, o evangelho da terra para a terra e o que acredito é no evangelho que vem do céu e nos desliga das coisas da terra, para nos preparar para voltarmos ao céu, que é nosso lugar de origem.

 

O Evangelho original veio com Cristo crucificado no alto da cruz para que morresse desligado da terra, demonstrando a todos que Ele não tinha nenhuma ligação com a terra, crucificado por aqueles que não entendiam sua mensagem celestial, pois eram sacerdotes terrenos; o marketing de Jesus foi apenas a vida eterna e a salvação da nossa alma; enquanto a igreja do nosso século aponta Jesus como a solução das dívidas e Aquele que pode fazer da sua vida terrena um grande Éden, engano, o paraíso já existe não adianta maquiar o mundo para disfarçá-lo em um lugar de recompensa; Jesus diz que no mundo tereis aflição e Ele venceu o mundo (Jo 16:36); portanto a igreja está cumprindo o revés do chamado, pois o amor do mundo distancia Deus de nós (Tg 4:4).

 

Tiago 4:4 - Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus.

Qual é nossa Missão?

  • Levantar uma Igreja:  1º SANTA , 2º PURA e 3º INOCENTE.

No primeiro momento que Deus me falou sobre isto retruquei que seria impossível, mas o impossível é matéria prima de Deus e Ele mostrou-me sua possibilidade diante das minhas impossibilidades.

1º Santa: Esta etapa é mais fácil no momento de uma conversão genuína, a alegria da salvação e o despertar do entendimento de o que Jesus o Cristo fez por nós automaticamente deixamos o pecado e tudo aquilo que entendemos que não agrada Deus de uma forma fácil porque é por amor; a palavra santa significa separado do pecado.

 

E a forma para edificarmos esta santidade são as células, que é uma reunião de amigos de fé que estarão estudando a bíblia e orando juntos; apoiando o membro a manter-se santo, em comunhão com a igreja e com os irmãos; a bíblia diz em:

 

Eclesiastes 4:9 -  Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. 10- Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. 11- Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? 12- E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão fácil.

2º Pura: Já é uma etapa que precisa um pouco de maturidade cristã, porque neste momento o caráter moldado por Deus terá que ser provado, este é o momento de resolver as questões do passado, traumas, feridas, fracassos, baixa autoestima, rejeição e toda sujeira que o diabo colocou no coração, e para isto precisa um processo diferente do ser santo que é uma questão de decisão, ser puro é a ação de perseverar em perdoar, renunciar e humilhar-se, é evidente que tudo banhado, lavado com o Espírito Santo.

 

Tiago 4:7 - Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.

 

E o instrumento para esta etapa é o Encontro com Deus, o discipulado pessoal e o aconselhamento pastoral;

3º Inocente: É o ápice da carreira cristã, inocente é aquele que não pensa o mal; simples de falar, mas difícil de viver; toda aliança necessita da inocência porque se pensarmos mal do irmão não andaremos juntos:

Filipenses 4:8-9 - Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco.
 

Jesus diz: vinde a mim os pequeninos porque dos tais é o reino dos céus, porque as crianças são inocentes, não pensão o mal.

 

Lucas 18:16 - Jesus, porém, chamando-as para si, disse: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus.

 

Só é possível o homem ser inocente quando ele está cheio do Espirito Santo, para tal, ele precisa estar santo e puro, Deus só habita em um lugar, assim a inocência não vem do homem, pois a carne esta fadada a queda Adâmica, mas dominada e calada pelo Espírito Santo este homem se torna inocente e inocentado pelo sangue de Cristo; O sacerdote não é um reconhecimento humano, mas o último estágio completado o molde de Deus para as nossas vidas; o Sacerdote é inocente e o inocente é Sacerdote, porque Deus se move apenas pela inocência.

 

Para estabelecer a inocência na minha vida eu preciso exercer o sacerdócio, quando não exercemos o sacerdócio entramos em trevas, porque somos luz quando exercemos a luz; caso não exercermos a luz estamos em trevas; quantas vezes fui aconselhar e saí aconselhado, porque quando a luz vem não clareia apenas aquele que está sendo ministrado, mas também aquele que executa o sacerdócio, quanto mais exerço o sacerdócio mais inocente, mais puro, mais santo eu fico.

Mateus 5:14-16 - Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. 15- E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. 16-  Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus".

VALORES

1° A palavra de Deus: que revela nossa origem, nosso agir como igreja e nosso destino.

2° As vidas: Jesus não morreu por uma estrutura denominacional, mas sim por vidas; nada é mais importante e nosso sacerdócio deve ser em resgate e pastoreio das vidas sem nenhum tipo de preconceitos, pois para Deus todos são iguais.

3° Humildade: não que se refere na vestimenta, humildade é pensar menos de e em você mesmo e pensar mais nos outros, um coração cheio de compaixão:      com + paixão para com as vidas; ao contrário de humilde é o Egocêntrico: ele sendo o centro de tudo tomando a posição de Deus isto é idolatria a si mesmo.

 

Creio que o mais Deus acrescentara no caminho, sabe, andar em fé é esperar o suprimento cair do céu diariamente e não se preocupar em guardar nada, isto não quer dizer que estamos no deserto, isto quer dizer que queremos ser dependentes dEle, porque Ele nos ama tanto que deixou a  posição de líder para nos receber como Pai; aqui deixo marcado meu agradecimento ao único salvador Jesus o Cristo que morreu pelos meus pecados, ao Deus Pai pelo seu amor e por acreditar em mim e ao meu amigo Espírito Santo que nunca me deixou esta também é uma prova de amor e se expresso algo de bom como este trabalho sei que não vem de mim mesmo, mas dEle nosso amigo e amado Espírito Santo.

 

E faço um convite sagrado a você que foi testificado pelo nosso amigo que una-se a nós neste projeto divino de levantar uma nação de sacerdotes, constituirmos famílias sacerdotais, estabelecendo-se hoje como sacerdote;